If you are using the jQuery library, then don't forget to wrap your code inside jQuery.ready() as follows: jQuery(document).ready(function( $ ){ // Your code in here }); -- If you want to link a JavaScript file that resides on another server (similar to ), then please use the "Add HTML Code" page, as this is a HTML code that links a JavaScript file. End of comment */

Guimarães Rosa e liderança: o que o poeta já nos revelava

Peço licença poética ao grande escritor brasileiro Guimarães Rosa, para abusar dos aforismos contidos em sua obra “Grande Sertão: Veredas”, considerada pelos especialistas uma das mais significativas da literatura brasileira. Me valer dele como inspiração para dialogar com um líder, gestor de pessoas, como narrador protagonista, personagem de histórias que são suas, mas que também são de tantos que delas fazem parte, num movimento cíclico de chegadas e partidas, durante sua jornada.

Esse líder aqui e agora inventado, que em todas as nuances se faz à imagem e semelhança da realidade, pretende mostrar-se ponderado e determinado, ambicioso e criativo, resiliente e flexível, qualidades indispensáveis para sua atuação, e não se afasta em nenhum momento do propósito que orienta sua vida de gestor, a entregar melhores resultados compactuados com a sustentabilidade do negócio e ambiente em que está inserido.

Revelaria, então, esse líder referindo-se ao ato primordial de sua missão como gestor de pessoas, dando início às citações de Guimarães Rosa:

"Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam. Verdade maior. É o que a vida me ensinou."

Valorização da diversidade através do olhar para cada ser humano em evolução constante, em suas infinitas possibilidades, e no percurso de seu desenvolvimento, onde cabem tentativas, erros, aprendizados em constante movimento.

“Vivendo, se aprende; mas o que se aprende, mais, é só a fazer outras maiores perguntas"

Ao movimento de aprender com a vida, é agregado o exercício do escutar o outro ativamente na intencionalidade de enriquecer-se através das relações, das trocas, do interesse genuíno, do desenvolvimento a partir das interações sociais.

"Eu sou é eu mesmo. Divirjo de todo o mundo... Eu quase que nada não sei. Mas desconfio de muita coisa. O senhor concedendo, eu digo: para pensar longe, sou cão mestre – o senhor solte em minha frente uma ideia ligeira, e eu rastreio essa por fundo de todos os matos, amém!”

Não existe ponto de chegada para o aprender. A humildade mantém as portas abertas para indistintas oportunidades e perspectivas, e quando conectadas ao impulso criativo e ao propósito de realização, teremos aqui pessoas livres para serem, pensarem, realizarem, produzirem.

"O correr da vida embrulha tudo, a vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem."

Na dinâmica organizacional, o movimento é contínuo de mudanças geradas pelo simples fato das organizações serem compostas essencialmente por pessoas, ainda que mobilizadas para determinados objetivos. As competências requeridas para a gestão de pessoas novamente jogam luz para a importância das habilidades socioemocionais, para lidar com os desafios, para a prática do diálogo, para a compreensão e administração dos próprios sentimentos. É preciso se preparar para isso, ir fundo no caminho do autoconhecimento. É preciso ter coragem!  

Coragem: “do latim coraticum, que significa a bravura que vem de um coração forte. 

Cor, ou cordis, também tinha o sentido metafórico de coração, a sede das emoções, dos pensamentos, da vontade e da inteligência. O coração representando a mente e a alma da pessoa.” 

Do Latim para o português coragem significa literalmente a “ação do coração”. (Dicionário Etimológico)

Enfim, fica nesse diálogo metafórico a crença de que o ato de liderar, em toda sua definição e atribuições, possa soar como poesia numa realidade humana tão imensamente diversa e rica.

Sigamos com coragem!

Autora

Ana Maria Del Pino

Graduada em Administração de Empresas, dedicou sua carreira à área das relações humanas e educação corporativa. Certificada em práticas de aprendizagem ativa, com especialização em Gestão de Recursos Humanos e Cuidados Integrativos, é Consultora em Gestão de Negócios com foco em temas comportamentais, gestão e liderança. Professional Coach e Life Coach com Certificação Internacional em Coaching Integrado pelo ICI - Integrate Coaching Institute.

Artigos Relacionados

Respostas

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×